Atividade física e alimentação saudável

A refeição antes do exercício físico é um fator determinante em relação ao seu desempenho nessa atividade. Planejar com antecedência — ou com o mínimo de cuidado — o que vai comer antes do treino faz uma enorme diferença no desempenho e nos resultados. O importante é comer uma refeição equilibrada e completa, com carboidratos, proteínas e gorduras.

A refeição deve ter predominantemente carboidratos, ou seja, alimentos como o pão, o arroz e a batata, entre outros. É a partir desse nutriente que o corpo acumula com mais facilidade e qualidade o uma molécula chamada glicogênio dentro dos músculos. Através da quebra dele, o organismo consegue a energia necessária. Sem esse estoque de carboidratos, você tende a se sentir fraco e cansado. Para piorar, é bem capaz que seu organismo seja obrigado a gerar energia a partir de proteínas musculares. Isso é ruim tanto para quem quer ganhar massa muscular, quanto para quem quer perder gordura. Quanto menos massa muscular o organismo tem, menos ele gasta calorias naturalmente, por isso perder “músculo” é ruim.

Como você, provavelmente, vai passar em torno de uma hora praticando atividade física, prefira alimentos com baixo a moderado índice glicêmico, ou seja, com absorção lenta de açúcares. Os melhores alimentos para isso são os carboidratos ricos em fibras, como pães e massas integrais e cereais matinais, por exemplo.

Incluir proteínas — principalmente alimentos de origem animal — na sua refeição pré-treino também auxilia para que ocorra uma absorção mais lenta da glicose, aumenta a saciedade e faz com que os aminoácidos sejam liberados lentamente ao longo do treino.

Procure fazer essa refeição com entre 40 minutos e uma hora de antecedência, para que a digestão desses alimentos não prejudique a liberação de energia destinada à atividade física. Se não tiver tempo de comer com essa antecedência, ou só for comer na hora do treino, então prefira os carboidratos com índice glicêmico mais alto, como pães brancos, frutas, e biscoitos.

Mas nunca se esqueça: ir à academia em jejum, além de ser perigoso, provoca perda de massa muscular, e isso não é nada positivo pra quem quer emagrecer com saúde.

 

Fonte: G1 – BemEstar