Como escolher o calçado ideal para a prática do Tênis

Para os mais diferentes esportes encontramos a necessidade de adaptação adequada do calçado, seja para melhoria do desempenho ou para uma qualidade no conforto durante a prática desportiva.

Cada modalidade, de acordo com suas características peculiares, necessita de um determinado tipo de calçado que mais se adeque para uma melhora do rendimento e preservação da integridade física do jogador em questão. E dentro disso, é de fundamental importância saber qual é o tipo de calçado ideal para realizar determinada atividade física.

Muitas vezes, na hora de escolher o material necessário para a prática do tênis, os jogadores se preocupam apenas em como escolher a raquete ideal, mas acabam se esquecendo de que existem diversos outros equipamentos vitais a prática e a segurança da modalidade. Independente de ser iniciante, praticante intermediário ou profissional, é importante que o jogador adote alguns itens básicos, a fim de que a atividade possa ser realizada com toda segurança e conforto necessários.

No tênis, não é só a raquete, a tensão do encordoamento, a bola e a roupa que influenciam na hora do jogo, existe outro equipamento imprescindível, o calçado esportivo; Achar o calçado ideal para garantir o melhor desempenho no jogo, não é tarefa fácil, por isso, preparamos um material mostrando a importância do calçado para a prática do tênis.

A importância de um calçado adequado para a prática do tênis

A escolha de um calçado para diferentes quadras de tênis é tão importante quanto à escolha de um calçado para qualquer outra atividade. Os jogadores de tênis sabem o quanto superfícies diferentes podem afetar o seu jogo, mas poucos compreendem como a escolha do calçado pode facilitar a movimentação.

Antes de escolher o calçado correto para a prática do tênis, deve-se pesquisar bastante e levar em conta vários quesitos como conforto, resistência, estilo de jogo, superfície da quadra e necessidades biomecânicas.

A escolha certa do calçado ajudará a evitar diversos problemas, como por exemplo: lesões nas articulações, no joelho, coluna, quadril, torções e muitos outros.

As características básicas para a escolha de um calçado são:

> Amortecimento concentrado na ponta dos pés: Diferente de outros esportes, no tênis o jogador fica a maior parte do tempo nas pontas dos pés (para maior agilidade) e não nos calcanhares como é mais comum. Os sistemas de amortecimentos variam de modelo para modelo, onde alguns possuem o amortecedor apenas no calcanhar, outros o amortecimento integral (ponta e planta do pé / calcanhar).

> Barras de anti-torsão e solado com ranhuras específicas: Facilita o giro dos tornozelos, as constantes mudanças de direção, as freadas bruscas, as arrancadas e os arrastos (quadras de saibro). Com isso, o solado dos calçados específicos para o tênis, normalmente é mais pesado que um tênis de caminhada.

> Diferentes borrachas: Proporciona maior resistência à deterioração dos componentes do solado e mais maciez para as freadas.

> Anti-impacto: Ideal que o dispositivo anti-impacto esteja na sola inteira.

> Acomodação: É importante que o calçado fique bem acomodado, ou seja, justo no peito do pé e no tornozelo, possuindo espaço suficiente nos dedos para livre movimentação, oferecendo o maior conforto ao jogador.

> Tração: A tração é bem peculiar para cada tipo de esporte, tendo em vista que esta característica pode ser a diferença de um bom desempenho – exemplo: os deslizes no saibro, conhecidos como “Surfing in the Clay” (Surfando no saibro).

Observação: Não se esqueçam de que os sitemas anti-impacto e anti-torsão, possuem uma validade aproximada de 01 (um) ano, dependendo da frequência de uso do atleta.

Levando em consideração essas características, pode-se fazer uma escolha do calçado ideal para a prática desportiva, e com isso maximizar o desempenho esportivo, e o mais importante, minimizar o risco de lesões, estas que causam prejuízos para jogadores de alto rendimento, bem como praticantes do esporte social que objetiva somente o lazer desportivo para melhoria na qualidade de vida.

Sistemas de Amortecimento

O Amortecimento de um calçado de tênis é um fator importantíssimo, pois está totalmente ligado a regiões bastante castigadas de um tenista, que são os joelhos, tornozelos e a coluna. O sistema de amortecimento auxilia na redução de impacto entre 30 e 38% sobre as articulações, de acordo com o nível de peso exercido sobre o referido sistema, evitando possíveis lesões articulares.

Quando comparamos o amortecimento de um calçado de corrida com um destinado à prática do tênis, a tendência é acharmos que o de corrida tem muito mais amortecimento. Mas é preciso observar, que as características e biomecânica do movimento de cada modalidade, se difere uma da outra, e com isso o padrão de amortecimento de um calçado para CORRIDA é totalmente diferente de um calçado para jogar TÊNIS. A título de informação, corredores tem em média um impacto sobre as articulações de 2 a 3 vezes o peso do corpo, tenistas em média 4 vezes o peso do corpo, e jogadores de basquete e de vôlei cerca de 10 vezes o peso do corpo.

Os tenistas passam a maior parte do jogo com os calcanhares fora do piso, sobrecarregando mais a parte da frente dos pés, o que faz com que os calçados para tênis tenham mais amortecimento e tecnologia na parte da frente do que na parte de trás.

Observação: Vale a pena investir em um bom calçado específico para a superfície de jogo, não só pelo seu nível de jogo, mas também pela sua integridade física.

Características dos calçados para jogar Tênis

> Calçados para conforto
O calçado é grande responsável em ajudar não apenas o joelho, mas também o calcanhar, tornozelo, coluna e outros. Quando se ganha em conforto, infelizmente se perde em durabilidade. Mas isso é muito relativo, pois depende de qual piso, quantas vezes e como se usará o calçado. O ideal é saber qual prioridade seguir. Ressaltando que o conforto é sempre a melhor opção, independente da durabilidade do calçado.

> Calçados para durabilidade
Como foi dito anteriormente, quando se ganha em durabilidade, perde-se um pouco em conforto, porém isso não significa que estes calçados não tenham conforto, apesar de não serem os mais confortáveis.

> Calçados “Custo x benefício”
Esta linha de calçados muitas vezes reúne as melhores tecnologias de cada marca, muito embora também possa possuir boas tecnologias não sendo as melhores. São excelentes calçados, com preços mais acessíveis, e no geral, são ideais para todos os tipos de superfície, possuindo boas tecnologias de amortecimento.

> Calçados Básicos
Esta linha é normalmente usada por tenistas que não procuram nada específico. Com um bom custo, oferecem durabilidade razoável, são no geral um pouco mais pesados e possuem pouco amortecimento. Este tipo de tênis é ideal para todos os tipos de superfície.

 Fonte: http://www.jogandotenis.com.br/como-escolher-o-calcado-ideal-para-a-pratica-do-tenis/